Chegada de Hernán Barcos faz ataque do Cruzeiro superar 1.000 gols; veja números

0
197
Foto: Web

Desafio do clube é colocar tais estatísticas em prática na temporada 2018

Com a contratação de Hernán Barcos, o setor ofensivo do Cruzeiro superou de maneira folgada a conta de 1.000 gols. Precisamente, os jogadores que atuam mais próximos às metas adversárias contabilizam, juntos, 1.185 bolas na rede ao longo de suas carreiras. O desafio agora é colocar as estatísticas em prática – e aumentá-las –, sobretudo no Campeonato Brasileiro, torneio no qual a Raposa marcou apenas oito vezes nas 12 primeiras rodadas. Também estão em disputa a Copa do Brasil e a Copa Libertadores. Veja, abaixo, os números por atleta:

Fred (34 anos) – 366 gols

Foi artilheiro em todas as equipes que defendeu e conseguiu a impressionante marca de 48 gols em 2005. Também ostenta bom retrospecto a serviço da Seleção Brasileira. Sua melhor média por clube é pelo próprio Cruzeiro, com 0,71 gol por partida. É o jogador em atividade no Brasil que mais balançou a rede como profissional. No momento, está em tratamento de lesão no ligamento cruzado anterior do joelho direito e só voltará aos gramados em outubro.
Foto: Web
Foto: Web
Gols:
América – 34
Cruzeiro – 57
Lyon-FRA – 43
Fluminense – 172
Atlético – 43
Seleção Brasileira – 18

Barcos (34 anos) – 242 gols

Tem estatísticas de respeito no futebol brasileiro, onde jogou por Palmeiras e Grêmio: 76 gols em 174 jogos. Brilhou também no Equador, a serviço da LDU, e por equipes chinesas. Em contrapartida, pouco fez por Sporting de Portugal e pelos argentinos Racing, Huracán e Vélez Sarsfield. O argentino, que assinou contrato até 30 de junho de 2019, é aguardado nesta sexta-feira para se juntar ao grupo comandado pelo técnico Mano Menezes na Toca da Raposa II.
Foto: Web
Foto: Web
Gols:
Guaraní-PAR – 12
Olmedo-EQU – 22
Estrela Vermelha-SER – 3
Huracán-ARG – 3
Shanghai Shenhua-CHN – 6
Shenzhen Ruby-CHN – 14
Liga Deportiva Universitaria-EQU – 90
Palmeiras – 31
Grêmio – 45
Tianjin Teda-CHN – 15
Vélez Sarsfield-ARG – 2
* Jogador passou em branco por Racing-ARG, Sporting-POR e Seleção Argentina

Thiago Neves (33 anos) – 191 gols

Detentor de grande qualidade em chutes de longa distância e em cobranças de falta, o armador conseguiu o ápice ofensivo pelo Al-Hilal, da Arábia Saudita. No Cruzeiro, foi o artilheiro do elenco em 2017, com 17 gols, e lidera o ranking também em 2018, com nove gols.
Foto: Web
Foto: Web
Gols:

Paraná – 4

Vegalta Sendai-JAP – 8

Fluminense – 50

Al-Hilal-ASA – 64

Flamengo – 21

Al Jazira-EAU – 15

Cruzeiro – 26

Seleção Brasileira Olímpica: 3

* Jogador passou em branco por Hamburgo-ALE e Seleção Brasileira principal

Rafael Sobis (33 anos) – 158 gols

Por ser uma espécie de segundo atacante, que busca o jogo fora da área e participa da armação, registrou até aqui média de apenas um gol a cada quatro partidas (622 jogos). Seu ano mais artilheiro foi em 2005, quando marcou 25 gols pelo Internacional.
Foto: Web
Foto: Web
Gols:

Internacional – 48

Fluminense – 41

Cruzeiro – 26

Tigres-MEX – 22

Betis-ESP – 9

Al Jazira-EAU – 9

Seleção Brasileira – 1

Seleção Brasileira Olímpica – 2

Rafinha (35 anos) – 100 gols

Mais de 40% de seus gols foram anotados pelo Coritiba, pelo qual jogou entre 2010 e 2013. Destaque também para a passagem pelo Al Shabab, da Arábia Saudita.
Foto: Web
Foto: Web
Gols:
Santo André – 11
Grêmio – 2
São Caetano – 5
Goiás – 4
Paraná – 6
Coritiba – 42
Al Shabab-ASA – 19
Cruzeiro – 11

* Jogador passou em branco por Portuguesa e São Paulo

Arrascaeta (24 anos) – 62 gols

Estabeleceu-se na terceira posição entre os maiores artilheiros estrangeiros da história do Cruzeiro, além de ser o gringo com mais jogos (165). Como até aqui não foi negociado para o futebol europeu após sua participação discreta na Copa do Mundo, o uruguaio tem chances reais de ultrapassar o espanhol Fernando Carazo (44 gols em 113 jogos) e o boliviano Marcelo Moreno (45 gols em 93 jogos) no ranking de goleadores de outras nacionalidades. Arrascaeta também deixou sua marca por Defensor Sporting, clube que o revelou, e Seleção do Uruguai.
Foto: Web
Foto: Web
Gols:

Defensor-URU – 18 gols

Cruzeiro – 42 gols

Seleção Uruguaia – 2 gols

Sassá (24 anos) – 55 gols

Tem média de um gol a cada três jogos no Cruzeiro (36 presenças). Em números absolutos, sua melhor passagem é pelo Botafogo, equipe que o formou. Foram 34 gols em 111 partidas. O atacante defendeu, ainda, Oeste-SP e Náutico. Em recuperação de cirurgia na cartilagem do joelho esquerdo, só voltará a jogar em outubro.

Foto: Web
Foto: Web
Gols:

Botafogo – 34

Náutico – 9

Cruzeiro – 12

* Jogador passou em branco pelo Oeste-SP

David (22 anos) – 17 gols

Jogador de beirada, David marcou todos os gols como profissional pelo Vitória. A média é de apenas 0,15 (111 partidas). Pelo Cruzeiro, que adquiriu 70% de seus direitos econômicos por R$ 10 milhões, o jovem de 22 anos ainda sonha com o primeiro gol.

Gols:

Vitória – 17

Foto: Web
Foto: Web

Raniel (22 anos) – 11 gols

Revelado pelo Santa Cruz, onde começou a carreira como armador e realizou 41 jogos na equipe principal, transferiu-se para a base do Cruzeiro, em 2016. No ano seguinte, foi incorporado ao grupo profissional como atacante. Uma de suas especialidades é o chute de média distância.

Gols:

Santa Cruz – 2

Cruzeiro – 9

Foto: Web
Foto: Web

Da redação:superesportes

Deixe uma resposta