Coluna Tempo Esportivo – 09 de junho de 2018

0
265
Lucas, hoje com 30 anos e atuando pelo Juventude de Caxias do Sul, foi revelado para o futebol através da Copa do Futuro.

Tempo Esportivo

Primeiro Tempo

A Copa do Mundo avança para a fase final e no próximo domingo será conhecida a grande campeã. Muito se fala, ou tenta falar, sobre os motivos da eliminação do Brasil, na semana passada, frente a Bélgica. Sem querer dar uma de “engenheiro de obra pronta”, cabe aqui listarmos alguns problemas enfrentados pelo time de Tite: A Seleção Brasileira sofreu três gols na Copa, dois deles após cobranças de escanteio. A falha na estreia contra a Suíça voltou a se repetir no embate final. Fernandinho foi infeliz, mas foi notória a desorganização brasileira nas bolas alçadas pelos belgas, que levaram perigo em lances assim.

No primeiro tempo desastroso, o buraco no meio de campo acabou com o Brasil. Muito pelo desequilíbrio entre os setores. Algo que tinha melhorado muito com a presença de Filipe Luis, mas o técnico optou pela volta de Marcelo, algo normal, mas que dificultou as ações defensivas da nossa Seleção.

Espaço para se refletir que ninguém pode estar acima do bem e do mal, mesmo que a maioria das decisões caminhe para algo positivo. Gabriel Jesus, Willian e Paulinho, todos tiveram uma Copa muito abaixo do esperado e ainda assim iniciaram todos os jogos.

Embora tenha jogado pouco, em função de lesão muscular, Douglas Costa foi, de longe, o atacante mais vertical do Brasil. Uma pena que tenha tido oportunidades reduzidas para atuar.

De toda forma, apesar dessas dificuldades, o Brasil deixou a Rússia muito cedo e fiquei com a sensação de que nenhum país do mundo, nem mesmo a Bélgica, tem mais futebol do que a nossa Seleção. Como Copa do Mundo é um torneio muito rápido e que se define nos pequenos detalhes, o gol contra de Fernandinho parece ter sido o pecado capital que nos mandou de volta para casa. É hora de refletir e repensar valores, sem que, para isso, façamos do time e da comissão técnica uma verdadeira terra arrasada. Vida que segue!

Segundo Tempo

Tite pediu dez dias de prazo para dizer se aceita ou não seguir como técnico da Seleção Brasileira por mais 04 anos. De férias, o treinador quer ouvir a família antes de se pronunciar oficialmente.

Passada a decepção pela eliminação na Copa do Mundo, a Seleção já começa a pensar no Qatar. O ciclo até o Mundial de 2022 começa no próximo dia 7 de setembro, contra os Estados Unidos, em Nova Jersey. Além desse jogo, o Brasil terá pelo menos mais sete amistosos para disputar antes de sediar a Copa América entre junho e julho de 2019.

Até lá, o calendário prevê quatro datas FIFA, períodos de nove dias destinados a jogos entre seleções.

As datas Fifa até a Copa América são: 3 a 11 de setembro, 8 a 16 de outubro, 12 a 20 de novembro e 18 a 26 de março.

O foco principal a partir do retorno da delegação passa a ser a Copa América, em casa. Inicialmente, o Brasil sediaria o torneio de 2015. Mas como o país estava no meio de duas grandes competições como organizador (Copa 2014 e Olimpíada 2016), acabou trocando com o Chile, que seria a sede de 2019.

O torneio terá 12 participantes e será disputado em seis estados a serem anunciados. Além dos 10 países sul-americanos membros da Conmebol, Qatar e Japão, times convidados, também estão confirmados.

A edição de 2019 será a última em anos ímpares. Em 2020, haverá um novo torneio nos Estados Unidos, no mesmo modelo da Copa América Centenário, e a partir daí a competição será disputada nos mesmos anos da Eurocopa. O Chile é o atual bicampeão. A Roja conquistou em 2015, quando foi anfitriã, e em 2016, na edição do Centenário da Conmebol.

Copa do Futuro começa no final de julho

Um dos projetos esportivos mais aguardados pelas crianças e jovens de Sete Lagoas e das cidades adjacentes já tem data de início definida. Trata-se da Copa do Futuro, um torneio de escolinhas que envolve centenas de jovens de Sete Lagoas e região.

Após reuniões realizadas na sede da Liga Eclética Desportiva Sete-lagoana, foram definidos os participantes e os detalhes técnicos para a realização da 13ª edição. O torneio envolve garotos com idade entre 09 e 15 anos e tem início previsto para o dia 28 de julho, um sábado, às 08 horas da manhã, no Parque Náutico da Lagoa da Boa Vista. Na ocasião haverá desfile dos atletas participantes de todas as equipes.

Pais, demais familiares, amigos dos jogadores mirins e o público em geral poderão acompanhar os jogos que serão realizados em vários campos da cidade. Os garotos serão divididos em três categorias, de acordo com a data de nascimento: 2003-2004; 2005-2006; 2007-2008.

A realização é da Prefeitura de Sete Lagoas, através da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer e tem o apoio técnico da Liga Eclética Desportiva Sete-lagoana.

O Prefeito Leone Maciel, que já havia apoiado de forma irrestrita a edição anterior, falou sobre a expectativa para 2018: “Esta é uma prioridade no nosso calendário esportivo. O esporte é fundamental para a formação do cidadão e os campeonatos que envolvem crianças e adolescentes merecem uma atenção ainda maior do poder público e é isso que vamos fazer novamente, sem medir esforços”.

Na edição anterior, um dos destaques do campeonato foi o América do bairro das Graças, que chegou a três finais e ganhou o título na categoria Sub-12, com garotos nascidos entre 2005 e 2006.

A relação de todos os campeões de 2017 é a seguinte:

Categoria 2007/2008: Bola Verde (Caetanópolis)

Categoria 2005/2006: América do bairro das Graças (Sete Lagoas)

Categoria 2003/2004: Instituto Trilhar do bairro Santa Rosa (Sete Lagoas)

Para este ano houve aumento na procura por vagas e 16 agremiações confirmaram participação na Copa do Futuro: Serrinha, América Papa Vento, Bola Verde de Caetanópolis, Curitiba, Ideal, Inhaumense, Instituto Trilhar, Montreal, Escolinha de Paraopeba, Bela Vista, Clube Náutico, Vasco da Gama (Vasquinho da Boa Vista), Projeto Caminhar Verde Vale, Vista Alegre de Matozinhos, Democrata e Funilândia.

O Secretário Municipal de Esportes e Lazer, Fabrício Fonseca, fez questão de ressaltar a bonita história que marca a Copa do Futuro: “Eu vi essa copa nascer quando iniciei a minha carreira na Prefeitura, um projeto incrível do saudoso Secretário de Esportes Paulo Roberto Durães de Castilho, o Guará. A proposta sempre foi socializar as crianças com o meio esportivo e ainda descobrir talentos para esportes de alto rendimento. Ela une as crianças com o esporte e nos faz acreditar num futuro mais promissor desses jovens que sempre sonharam com a possibilidade de ingressarem no futebol profissional”.

Está agendada para a próxima quarta-feira, 11 de julho, às 19 horas, nova reunião para que sejam feitos os ajustes finais do regulamento e da tabela de jogos. Existe a possibilidade de que algumas categorias tenham um número diferente de times participantes, em relação a outras.

Em meados de setembro será realizada a final do torneio, em todas as categorias. Possivelmente, estas finais ocorrerão na Arena do Jacaré, na mesma data da decisão da Copa do Servidor.

Com equipes da Liga de Pompeu e apoio da Prefeitura, Campeonato Regional começa em agosto

Após algumas reuniões e muitos ajustes de datas e formatos de disputa, o Campeonato Regional de Futebol Amador de Sete Lagoas deverá começar após o encerramento da Copa do Mundo na Rússia, mais precisamente no início do mês de agosto.

A competição é uma realização da Liga Eclética Desportiva Sete-Lagoana, com apoio da Prefeitura de Sete Lagoas, através da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer.

Até o momento, 19 equipes estão confirmadas para esta edição, mas o número poderá subir, já que outras agremiações demonstraram interesse na participação e aguardam viabilidade financeira para oficializar a entrada.

O Campeonato Regional de Futebol Amador faz parte do calendário esportivo da cidade e o apoio da Prefeitura, através da Secretaria de Esportes, foi um pedido do Prefeito Leone Maciel: “Todas as competições que agregam para os desportistas da nossa cidade devem ter o apoio do poder público. O esporte é um dos melhores caminhos para promover harmonia entre as pessoas, gerando entretenimento e práticas saudáveis, o que aumenta a qualidade de vida de todos os envolvidos!” Afirmou Leone.

A relação dos participantes confirmados é a seguinte:

Equipes da Liga de Sete Lagoas:

América de Prudente de Morais
Curitiba
Ideal
Inhaumense
Lagoinha de Funilândia
Paraíso de Araçaí
Paraopeba
Sete de Setembro de Caetanópolis
Sociedade Esportiva Ícaros
União Brejinho
Vasco da Gama de Papagaios

Equipes filiadas à Liga de Pompeu:

Avaí de Pompeu
Cap de Pompeu
Cristalino de Pompeu
Abadia de Martinho Campo
União/Martinho Campos
Bom Jesus/Curvelo
Ibitirense/Ibitira
Guarani/Buriti Grande

A presidente da Liga Eclética Desportiva Sete-lagoana, Lea Dias, falou sobre a expectativa para o início da competição: “A nossa expectativa é a melhor possível, principalmente por termos conseguido trazer novamente equipes renomadas da região para o nosso campeonato. Creio que será uma das melhores competições de todos os tempos. Todas as agremiações que confirmar presença nos honram com suas participações. Aproveito a oportunidade para agradecer ao Prefeito Leone Maciel e ao Secretário de Esportes, Fabrício Fonseca, pela parceria e colaboração conosco, ao longo de todo o ano, para que pudéssemos realizar um grande número de competições aqui em Sete Lagoas. Sem o apoio deles não seria possível termos um calendário tão robusto como este!”

Por Álvaro Vilaça

Deixe uma resposta