Problemas de Mano Menezes para escalar o Cruzeiro contra o Paraná

0
225
Foto: Web

Vários jogadores são dúvida para o último jogo antes da parada para Copa

O técnico Mano Menezes terá problemas para escalar o Cruzeiro na partida contra o Paraná, na próxima quarta-feira, às 19h30, no estádio Durival de Britto, em Curitiba, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. A Raposa tem vários jogadores em tratamento e que serão reavaliados durante a semana. Confira a situação de cada um deles:


Edílson:
 recebeu o terceiro cartão amarelo e está fora da partida. O volante Lucas Romero deve atuar improvisado na lateral. O argentino se recuperou recentemente de um corte no pé, e atuou por 23 minutos nesse sábado.

Thiago Neves: o armador demostrou que está abaixo fisicamente e não tem rendido em campo. Na partida contra a Chapecoense, ele sentiu dores na panturrilha direita e será reavaliado. A tendência é que ele seja preservado.

Sassá: 
o atacante deixou o jogo contra a Chapecoense aos 44 minutos do segundo tempo. Sassá sentiu dores no joelho e fez tratamento com gelo. O jogador será melhor avaliado durante a semana. A tendência é que Raniel seja titular.

Rafinha: o meia chegou a treinar com bola na semana passada, depois de se recuperar de uma pubalgia abdominal. Ele ficou 22 dias afastados dos trabalhos com bola. Não atua desde a vitória por 2 a 1 sobre o Atlético-PR, pela Copa do Brasil, em 16 de maio. Mano vai avaliar a situação do jogador.

Lucas Silva: teve febre nesse sábado e não ficou nem no banco de reservas. Nas últimas partidas do Cruzeiro, reclamou de desgaste. Apesar disso, deve ter condições de enfrentar o Paraná, que pode ser seu último jogo no Cruzeiro, caso o clube celeste não renove empréstimo com Real Madrid.

Mancuello: volante/meia sentiu dores na coxa e não ficou nem no banco na partida contra a Chapecoense. Vai ser reavaliado e poderá ser opção.

Ariel Cabral: volante tem dores na panturrilha e não ficou nem no banco na partida contra a Chapecoense. Não joga desde a partida contra o Palmeiras no dia 30 de maio.

Da redação:superesportes

 

Deixe uma resposta