América perde a segunda seguida e amplia jejum como visitante no Brasileiro

0
77
Foto: Web

Coelho é batido por 1 a 0 pelo Grêmio e cai na classificação

O técnico Enderson Moreira mexeu na formação, apostou em um sistema de jogo diferente, mas a estratégia não surtiu efeito e o América sofreu mais uma derrota como visitante no Campeonato Brasileiro. O Coelho foi batido pelo Grêmio por 1 a 0, neste domingo, em Porto Alegre, e aumentou o jejum de triunfos longe de BH. Everton, no primeiro tempo, garantiu a vitória tricolor
O América permanece sem vencer fora de casa neste Brasileiro. Foram cinco derrotas e um empate sem o mando de campo a favor. Além do jejum, o Coelho se manteve na zona intermediária da classificação, com 13 pontos. A situação começa a incomodar, já que o time mineiro perdeu a segunda consecutiva e começa a ficar para trás. O Grêmio se recuperou do revés diante do Palmeiras, na rodada passada, e chegou a 19 pontos.
Na próxima rodada, a 12ª e última antes da pausa para a Copa do Mundo na Rússia, o América terá a chance de se recuperar em casa. O Coelho enfrenta a Chapecoense, na quarta-feira que vem, às 16h, em duelo direto por posição na classificação. No mesmo dia, o Grêmio visita o Sport, às 19h30, na Ilha do Retiro.
O jogo
Com o jovem Ademir como titular, Enderson Moreira apostou em uma formação sem um homem fixo na área, que seria Rafael Moura. A velocidade nos contragolpes seria uma boa opção do Coelho. Mas o Grêmio, bem ao seu estilo de jogar em casa, mas em um ritmo mais lento que o usual, teve o controle das ações.
O América até tinha espaço, mas abusava das finalizações de fora da área, errando o alvo. Quando chegou mais perto do gol, Gérson Magrão acertou a rede, mas pelo lado de fora. O Grêmio aumentou a velocidade no fim e saiu na frente aos 31min. Cícero lançou da intermediária, a zaga do Coelho cochilou e a bola sobrou limpa para Everton, que tirou de Jori e marcou: 1 a 0.
Foto: Web
Foto: Web
O América mudou a postura e voltou mais ligado. Tanto que Gerson Magrão obrigou Marcelo Grohe a trabalhar em bela conclusão de primeira, depois de inversão de Ademir. Em seguida, Christian arriscou o chute de longe e errou o alvo. Ao Coelho faltava força ofensiva, enquanto que o Grêmio, organizado atrás, investia nos contragolpes.
Enderson foi ousado, trocou o lateral-esquerdo Giovanni pelo centroavante Rafael Moura, até para incomodar a defesa tricolor e pôr um homem fixo na área. Mas o problema estava na armação das jogadas, com muitos erros de passe. Ademir deixou o campo para a entrada de Marquinhos, em mais uma tentativa de melhorar o setor ofensivo. E o He-Man teve a chance no último minuto, em cabeça que Marcelo Grohe espalmou e evitou o que seria o empate.
GRÊMIO 1 X 0 AMÉRICA
Motivo: 11ª rodada do Campeonato Brasileiro
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre
Data: 10 de junho, domingo
Árbitro: Rodrigo D’Alonso Ferreira (SC)
Assistentes: Heilton Nunes (SC) e Thiaggo Americano Labes (SC)
Cartões amarelos: Aylon, Giovanni (AME); Cícero, Everton (GRE)
GOL: Everton, aos 31min do 1ºT
Público: 12.952
Renda: R$ 372.021
GRÊMIO
Marcelo Grohe; Léo Moura, Bressan, Kannemann e Cortez; Arthur, Cícero, Lima (Thaciano) e Luan (Kaio); André (Jael) e Everton
Técnico: Renato Portaluppi
AMÉRICA
Jori; Aderlan, Messias, Matheus Ferraz e Giovanni (Rafael Moura); Christian, Juninho, Serginho e Ademir (Marquinhos); Aylon (Wesley) e Gerson Magrão
Técnico: Enderson Moreira
Da redação:superesportes

Deixe uma resposta