PM recupera carga roubada avaliada em R$138 mil em Sete Lagoas

0
378
Ilustrativa

Na última segunda-feira (14), por volta das 22h30, uma carga de refrigerante Sukita, da Ambev foi assaltada por indivíduos armados, na Avenida Prefeito Alberto Moura, próximo à Arena do Jacaré.

De acordo com informações, um dos assaltantes entrou na cabine da carreta e exigiu que o motorista levasse o veículo até a Avenida Marechal Castelo Branco. Quando chegaram próximo a saída de Sete Lagoas, a vítima foi colocada em um carro da quadrilha, que ficou rodando na rodovia que liga Sete Lagoas a Inhaúma, até que o transporte da carga fosse realizado.

As informações sobre o assalto chegaram até a Polícia Militar, dando conta de que a carreta estava escondida em um galpão, no bairro Universitário. Diante das informações, os policiais iniciaram um rastreamento pela região, rumo ao local indicado, onde provavelmente, membros da quadrilha estavam a espreita, atentos a chegada dos policiais. Suspeitas apontam que os assaltantes entraram em contato com outros criminosos que mantinham o motorista como refém.

Por volta de 00h00, os bandidos fugiram e libertaram o motorista. Às 6hrs da terça-feira (15), os policiais chegaram ao galpão suspeito, onde a carreta estava escondida. O veículo com a carga foi abandonado ainda na madrugada. Pelo local, a PM encontrou refrigerantes pelo chão, além deles, a empilhadeira utilizada para o transporte da carga roubada.

Todos os autores já haviam fugido antes da chegada da Polícia. Segundo informações, a quadrilha teria utilizado veículos Vectra, Siena e Up na ação criminosa.

Segundo informações a quadrilha é especializada em roubo de cargas e havia se instalado no Bairro Universitário, para roubar cargas na região e fazer a receptação na Rua Canadá. Através dessa ação, a PM impede novas ações dessa quadrilha organizada, que havia alugado galpão, empilhadeira, enfim, montado uma estrutura para cometer crimes.

Com a carga de refrigerantes da Ambev roubada, estavam 26 paletes com 2.600 fardos, contendo 15.600 garrafas de 2 litros de refrigerante Sukita, avaliados em R$ 57.960,12. Também no galpão foram encontrados outros 10 paletes com 1.200 peças da empresa OMR, avaliadas em R$ 80.652,00.

Da Redação

Deixe uma resposta