Larghi comenta erro de Róger Guedes em revés do Atlético: ‘Ele tem que rever, sim’

0
81
Foto: Web

Passe de calcanhar errado iniciou ataque do Vasco, que terminou em pênalti

Róger Guedes foi o jogador mais criticado pelos torcedores após a derrota do Atlético por 2 a 1 para o Vasco. O atacante entrou em campo aos 42 minutos do segundo tempo, no lugar de Cazares. Aos 52’, ele errou um passe de calcanhar durante contra-ataque dos mineiros. Na sequência da jogada, a arbitragem marcou um polêmico pênalti em Rildo – convertido por Yago Pikachu, que determinou o triunfo dos donos da casa, em São Januário.
Questionado sobre o tema, Thiago Larghi lamentou o erro de Róger Guedes em um lance decisivo, que poderia resultar no segundo gol do Atlético. O treinador interino, entretanto, disse que o papel do elenco alvinegro é dar apoio ao atacante.
“As oportunidades estão aí para serem agarradas. E não podemos desperdiçar um contra-ataque como a gente desperdiçou. A gente tem que avaliar internamente. Temos que dar apoio ao jogador, a partir do momento em que ele está aberto a melhorar, a produzir”, disse o treinador.
Róger Guedes vive um momento de inconstâncias na Cidade do Galo. Titular absoluto no início do ano, perdeu espaço e deu lugar no time a Luan. Desentendeu-se com Thiago Larghi por ter sido substituído seguidas vezes e foi cada vez menos acionado. Agora, vive momento de impasse e não sabe se seguirá no Atlético no restante da temporada.
Thiago Larghi preferiu evitar falar na possibilidade de Guedes deixar o elenco e procurar outro time. O treinador garante: o atacante receberá oportunidades para se redimir se quiser ‘trabalhar’.
“Ali é uma situação clara, que era contra-ataque nosso. A gente poderia ter feito o segundo gol ali. E perdemos a bola. Ele tem que rever sim. E a gente vai apoiá-lo nisso. Ele querendo trabalhar, vai ter novas oportunidades para entrar e ajudar a equipe. A gente precisa dele também”, completou Larghi.
Da redação:superesportes

Deixe uma resposta