Jovem brinca que está assaltando amigo e acaba baleado por policial militar

0
1218
Reprodução

Uma brincadeira entre dois amigos terminou com um deles baleado por um policial militar na noite dessa quarta-feira, na Rua Grão Mogol (esquina com Rua Cristina) Bairro Sion, Zona Sul de Belo Horizonte. Gustavo Cardoso dos Santos, de 22 anos, foi baleado na mão durante uma abordagem. Ele está internado no Hospital de Pronto Socorro João XXIII.

De acordo com o capitão Renato Cirino, uma viatura passava pela Rua Grão Mogol quando os militares perceberam Gustavo abordando um rapaz, falando “perdeu, perdeu”.

Ainda de acordo com o militar, um tenente que estava na viatura imaginou que fosse um crime e abordou o rapaz. Gustavo fez um movimento brusco e levou a mão em direção ao bolso. O tenente imaginou que fosse uma arma e atirou. No entanto, após o disparo, foi constatado que objeto na mão era, na verdade, uma carteira. Foi quando Gustavo informou aos militares que estava brincando com o amigo, fingindo ser um assalto.

Uma testemunha que estava no carro que vinha atrás da viatura da PM relatou que: “Quando parou o trânsito, vieram dois rapazes da rua lateral e cara meteu a mão no bolso. Acho que o policial achou que era um assalto e desceu já atirando. O cara caiu no chão, eles pegaram o rapaz e colocaram no fundo da viatura. E o rapaz gritando que não era ladrão, que era gente de família. Foi isso que aconteceu. Fiquei muita assustada, porque fui muito rápido. Vi também como se fosse um assalto. Se a gente está na rua, não se deve brincar com essas coisas”, revelou a testemunha.

Da Redação, com site Itatiaia

Deixe uma resposta