Quem planta, colhe

0
193

Se você leitor (a) ainda não parou para refletir das suas ações praticadas em 2017, lembre-se que na noite de 24 de dezembro às 23h59min é o momento que todos paramos para elevar o nosso pensamento ao Céu e aguardar a chegada do Menino Jesus.

Por tudo de bom que realizamos, é o momento de agradecer pelas coisas boas praticadas.

Se por acaso comentemos pecados, é também o momento de pedir o perdão a Deus pelos atos praticados e procurar não mais fazê-los.

Esqueça o egoísmo de desejar tudo para si próprio, as conquistas de bens materiais, a conquista de dinheiro, a conquista de cargos em busca do poder, para a ostentação.

Não deixe que o materialismo, o poder, cargos e dinheiro sobreponham diante das coisas boas que Deus nos ensinou.

Tem tempo de você refletir e tirar de dentro de você o EU e viver o NÓS.

Lembre-se que: “Do pó viemos ao pó voltaremos”.

Quando voltar deixe as coisas boas que você plantou.

Atente para história abaixo.

Um rapaz entrou numa loja e viu um senhor no balcão.

Maravilhado com a beleza do lugar, perguntou: Senhor, o que se vende aqui?

Os dons de Deus. Respondeu-lhe o senhor.

Quanto custa? Voltou a perguntar.

Não custam nada, “aqui tudo é de graça”.

O rapaz contemplou a loja e viu que havia jarros de amor, vidros de fé, pacotes de esperança, caixinhas da salvação, muita sabedoria, fardos de perdão, pacotes de paz e muitos outros dons.

O rapaz, maravilhado com tudo aquilo, pediu: Por favor, quero o maior jarro de amor, todos os fardos de perdão e um vidro grande de fé, para mim, meus amigos e família.

O senhor preparou tudo e entregou-lhe um pequeno embrulho que cabia na palma da sua mão.

Incrédulo, o rapaz disse: Mas como pode estar aqui tudo o que pedi?

Sorrindo, o gentil senhor lhe respondeu: Meu respeitável Irmão, na loja de Deus não vende frutos, só sementes.

Plante-as.

Quem planta, colhe.

“Feliz Natal cheio de muita paz e prosperidade, junto daqueles que te querem bem”.

 

Até a semana que em se Deus quiser, e Ele há de querer.

Por Arnaldo Martins

Cebolinha

Colaborador Academia

 

Deixe uma resposta