MORADOR DE RUA MORRE COM MAIS DE 90% DO CORPO QUEIMADO

0
984
Reprodução

Um morador de rua conhecido apenas por Adão, aparentando cerca de 60 anos de idade, teve mais de 90% do corpo queimado quando pôs fogo em entulhos para se aquecer do frio. O fato ocorreu por volta das 21h16 de terça-feira (1), próximo à praça da Estação, na rua Antônio Olinto.

Segundo testemunhas Adão tinha costume de dormir naquele local e como estava frio resolveu fazer uma fogueira usando entulhos, para se aquecer. Quando ele adormeceu suas roupas pegaram fogo e ele começou a gritar. Testemunhas, ao se depararem com a vítima em chamas, jogaram água em seu corpo para apagar o fogo.

SOCORRIDO PELO CORPO DE BOMBEIROS – Uma equipe do Corpo de Bombeiros confirmou que Adão teve 90% do corpo queimado. Ele foi imobilizado e acomodado em papel laminado, levado para o Hospital Municipal de Sete Lagoas e, em seguida, transferido para o Hospital João XXIII, em Belo Horizonte, vindo a óbito na quinta-feira (3). Quando foi socorrido, Adão, que embora morasse na rua era pessoa muito querida na cidade, estava consciente, porém confuso.

Recentemente ele recolheu uma carpa que havia morrido na Lagoa Paulino e o fato repercussão devido Adão afirmar tê-la pescado.

Extraído do Jornal Notícia de Sete Lagoas – ED. 670

Deixe uma resposta