TEMPO ESPORTIVO 16/06/2017

0
637
João Carlos e Reginaldo estarão em campo pelo time Máster do Cruzeiro, sábado, na Arena do Jacaré.

A derrota para o Vitória da Bahia no último domingo mostrou que o elenco do Atlético tem carências e que sofre mais do que o normal quando não tem à disposição os seus principais jogadores.

É verdade que a lista de desfalques é imensa. De todos os jogadores fora de combate, vários são titulares ou muito importantes para o time. Casos de Marcos Rocha, Leonardo Silva, Adilson e Luan, por exemplo – todos machucados. Na derrota para o Vitória, por 2 a 0 a lista aumentou consideravelmente. Cazares, com a seleção equatoriana, Gabriel, poupado por desgaste muscular, Fábio Santos, suspenso, e Alex Silva, com crise de bronquite, também não jogaram. Ao todo, considerando também Lucas Cândido, Carlos César e Jesiel, outros três machucados, a lista de ausências completa 11 atletas, um time inteiro. Seria problema para qualquer equipe, claro. Na teoria, porém, o elenco forte é montado justamente para passar bem pelos momentos de crise. Não é o que está acontecendo com o Galo.

No meio, Rafael Carioca e Elias são titulares que “sobreviveram” ao momento de crise, não se machucaram e seguem jogando. A criação, porém, está muito comprometida. Valdívia e Marlone, juntos, não criaram o que um armador precisa criar. Robinho, titular e uma das estrelas do time, está muito apagado já há algum tempo , não chama a responsabilidade, pouco ajuda na recomposição e não faz mais a diferença individualmente, talvez até pela falta de condição física (já tem 33 anos).

Fred, isolado na frente, pouco consegue fazer. No início da temporada, chegou a ter média superior a um gol por jogo. Agora, fica claro o motivo. Além de os adversários serem mais fracos, especialmente no Estadual, todos os titulares estavam “inteiros” e descansados. A bola chegava, com qualidade, várias vezes em todos os jogos. E empurrar para o gol é fácil para ele. Agora, ela quase não chega.

O elenco do Atlético é bom, sim. Três tropeços no Brasileirão não mostram o contrário. Nenhum time do Brasil tem três jogadores do mesmo nível em cada posição. Mas dá para melhorar. O time disputa a Copa do Brasil, a Série A, a Primeira Liga e a Libertadores. Ao menos no discurso, quer ganhar todas as competições. Para isso, precisa reforçar mais o grupo. A disparidade técnica entre os titulares e reservas é muito grande, especialmente em posições como a zaga, as laterais e o setor de criação.

Se tiver a maioria dos titulares à disposição nos jogos decisivos da temporada, o Atlético é candidato aos títulos da Libertadores e da Copa do Brasil. No Brasileirão, é necessário regularidade, algo que, até aqui, não foi visto.

Talvez, pela gravidade da situação, será necessário ter que optar por uma ou outra competição, porque a julgar pelo que o time tem apresentado até o momento, dificilmente irá conseguir atuar de forma competitiva em todas as disputas.

 

No aniversário de 103 anos, Democrata recebe o Cruzeiro na Arena do Jacaré

O mês de junho será muito especial para o torcedor do Jacaré! Vários eventos esportivos vão marcar as comemorações pelos 103 anos de fundação do Democrata de Sete Lagoas.

Dentre esses eventos está confirmada uma rodada dupla no sábado, dia 17 de junho, na Arena do Jacaré. Às 15 horas será realizada a partida entre o Cruzeiro Máster e os veteranos do Democrata Jacaré. Logo em seguida, o time profissional do Democrata fará um amistoso contra o Betim, como parte da preparação para a disputa do Campeonato Mineiro da Segunda Divisão, que tem início previsto para o dia 29 de julho.

Há alguns anos o ex. jogador Reginaldo, natural de Passos, coordena o futebol máster do Cruzeiro. Em parceria com o ex. zagueiro João Carlos dos Santos, ele entrou em contato com a Secretaria Municipal de Esportes e Lazer e propôs a marcação do jogo amistoso. Como o Democrata completa 103 anos em 14 de junho, surgiu a idéia de se fazer a partida festiva, o que foi prontamente aceito por ambas as partes.

Alguns atletas já estão confirmados para atuar pela equipe cruzeirense, tais como: Cleber Monteiro, Da Silva, Rodrigo Posso, Marcos Paulo, Nontato, Donizete Amorim, Ricardinho, João Carlos, Marcelo Ramos, Reginaldo, Geovani, Sandro e Paulinho Maclaren.

Pelo lado do Democrata alguns nomes também já estão confirmados: Luiz Cláudio, Paulinho Guará, Gílson de Prudente de Morais, Hílton, Paulo César (autor do primeiro gol do clube na Arena do Jacaré), Marco Túlio, Márcio Baiano, Derson, Berg, Leo Requebra, Ademílson (ex. Tupi de Juiz de Fora) e provavelmente, Somália e Mancini. O Secretário de Esportes, Marcelo Cooperseltta , foi convidado para jogar e vai atuar pelo Democrata.

Para Reginaldo, esta será uma oportunidade única: “Além da oportunidade de revermos amigos feitos no Cruzeiro, é um trabalho que resgata a nostalgia dos velhos tempos.Tem um trabalho social envolvido também, uma vez que, o ex. atletas vive essa nostalgia de estar com torcedores e ex. companheiros de clube, recordando um pouco de sua rotina. É muito bacana rever essa turma que fez parte da história do clube”.

Reginaldo explica como funciona o processo de formação da equipe: “Damos prioridade para o pessoal que já está a mais tempo parado. Fazemos muitos jogos que geram gratificações e firmamos parcerias com empresas e prefeituras. É um evento grande, que tem muito apelo popular. Queremos incluir mais pessoas no time, inclusive aqueles que fizeram história antes da nossa geração, como Natal, Evaldo e Dirceu Lopes”.

De acordo com o ex. volante que também atuou no futebol europeu, esta é uma categoria que tem crescido bastante: “Já realizamos um torneio máster em Barão de Cocais, envolvendo Cruzeiro, Atlético e América e fomos campeões. Quando jogamos contra o Atlético, empatamos em 2 x 2. Esse ano vamos participar do primeiro Campeonato Mineiro Máster. Tem muita coisa boa vindo por aí.”

A rodada dupla na Arena do Jacaré, no próximo sábado, terá portões abertos para o público.

 

Democrata intensifica treinos para a disputa da Segunda Divisão Mineira

Jogadores do Democrata trabalham forte visando a estreia na Segunda Divisão do Campeonato Mineiro. Foto - Juliano Zueira.
Jogadores do Democrata trabalham forte visando a estreia na Segunda Divisão do Campeonato Mineiro. Foto – Juliano Zueira.

A diretoria do Democrata apresentou na semana passada o plantel que irá disputar a 2ª divisão do Campeonato Mineiro (que na prática é a 3ª Divisão). O presidente Jaime Aleluia, via vídeo conferência, direto de  Pouso Alegre, onde trabalha e reside, anunciou Fred Incalado como o treinador da equipe, acabando de vez com os boatos de que um novo treinador  estava para ser contratado.  Após anunciado o treinador, o presidente deu as boas vindas aos atletas que foram contratados, ao mesmo tempo em que pediu a todos muita dedicação nos treinamentos e jogos para conquistar as vitórias necessárias que possam levar o Jacaré ao Módulo II em 2018.

A lista dos jogadores apresentados foi a seguinte:

= Goleiros:  Ranule, Pedro e Guilherme.

= Laterais -Raniere,Tiago Balaios, Deivison, Daniel e Mathues.

= Zagueiros – Carciano, Rafael, Danilo, Mateus Henrique, Wellington, Welder.

= Volantes – Marcelo Brandão, Tom, Pierry, Micael e Alessandro.

= Atacantes – Marco Otávio, Guilherminho, Lucas Vilela, Lucas e Rodrigo Dias.

O grupo de jogadores já passou por uma bateria de exames e a primeira semana foi toda dedicada às atividades físicas e técnicas . Além do Recanto do Jacaré estão sendo utilizados os campos do Ideal e da Arena do Jacaré. Treinamentos poderão ocorrer também no campo do Cedro, em Caetanópolis e no estádio das Magnólias em Paraopeba.

Por Álvaro Vilaça

Deixe uma resposta