103 ANOS: JACARÉ COMEMORA ANIVERSÁRIO EM ANO DE GRANDES EXPECTATIVAS

0
598

Uma pausa para resumir uma longa história, que há 103 anos, segue reeditando novos capítulos.

Fundado em 14 de junho de 1914, por um grupo de amigos o Democrata Futebol Clube, vivenciou momentos de ascensão e de dificuldades, a existência do alvirrubro é marcada por momentos e fatos importantes.

A agremiação em 2017, passou a ser comandada por Jaime Aleluia, filho do ex jogador Moacir Aleluia e desde então muitas novidades estão acontecendo, divisões de base em alta no Campeonato Mineiro comandadas por Thiago Mancha e Deivisson Tião. Pelo profissional, Jaime efetivou Fred Incalado no comando do time que disputará o Campeonato Mineiro da Segunda divisão, que está previsto para começar no dia 29 de julho sem contar com os investimentos feitos na estrutura física do ambiente.

Para homenagear este que tanto já orgulhou e deve voltar a colocar Sete Lagoas no cenário  esportivo, a Rede Eldorado de Comunicação, relembra um pouco da história:

Nomes como Modestino C. de Andrade, Alfredo Rodrigues dos Santos, José Cândido de Andrade, João Domingos de Carvalho, João Avellar Penna, José Moreira de Abreu, Francisco Wanderley Azeredo, Bernardo de Figueiredo, Aglophile Patry, Francisco José L’abbate, Raymundo Andrade, Claudionor Campolina, Exaltino Gonçalves, Odorico Mourão, Raymundo Simões, Laerth Ramos, Atilla Pimentel Costa, José Ferreira Coelho, José Silvino Coelho de Avellar, Odilon Andrade Costa, Antonio Maia Junior e João Netto foram muito importantes para constituir o time.

Em setembro de 1914, aconteceu o primeiro confronto oficial do Jacaré, o adversário foi o Ordem e Progresso, equipe de Matozinhos, na oportunidade os sete-lagoanos venceram por 4 a 1.

Até 1953, debutou no futebol amador da cidade e região, neste mesmo ano subiu para o profissional, mas sem sucesso.

Foi vice campeão mineiro em três oportunidades em 1955, 1957 e 1963 e sempre figurando entre os primeiros colocados nos demais anos.

2003: O Democrata voltou ao futebol profissional e foi vice-campeão da 2ª divisão (3ª na prática). Em 2004, o Clube chegou à elite do futebol mineiro tendo sido vice-campeão novamente, desta vez do módulo II (2ª divisão na prática). Em 2005, o Jacaré quase foi novamente rebaixado, amargando a antepenúltima posição.

2006: O Democrata inaugurou, ainda que em condições apenas razoáveis, o Estádio Joaquim Henrique Nogueira – Arena do Jacaré – que substituiria o lendário, mas já ultrapassado, José Duarte de Paiva, onde o clube mandava seus jogos. Naquele ano, o Jacaré faria uma boa campanha terminando no meio da tabela (6ª posição entre 12 equipes).

2007: Encerrou sua participação no estadual na 8ª posição, o que seria o prenúncio do trágico rebaixamento à 2ª divisão em 2008, seguido da catastrófica volta à 3ª divisão em 2009.

2010 a 2012: O Democrata disputou a 3ª divisão por 3 vezes, tendo conseguido o almejado acesso à 2ª

Para 2017, o torcedor democratense se enche de esperanças, o objetivo da diretoria  é voltar a elite do futebol estadual e fazer de novo os corações alvirrubros a explodirem de emoção.

 Por Aline Teixeira, com informações site Democrata

Deixe uma resposta