‘ETE’ FAZENDA VELHA RECEBE MANUTENÇÃO APÓS SOLICITAÇÃO DO VEREADOR MILTON MARTINS

0
643

A Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) na Fazenda Velha passou por reparos neste mês após solicitação do Vereador Milton Martins. Na tarde do dia 10 de maio, o Vereador Milton Martins se reuniu na comunidade de Fazenda Velha, com o presidente do SAAE, Arnaldo Nogueira, o representante da Associação dos Moradores Juquinha, o morador Márcio Alves, a supervisora de tratamento de esgoto Gabriela Moura e a gerente de engenharia do SAAE, Nuna Oliveira. A reunião aconteceu para que a autarquia verificasse de perto a situação da rede de esgoto que não suporta o volume e transborda. O esgoto fica a céu aberto trazendo transtornos para os moradores da comunidade. Na ocasião, Arnaldo Nogueira e sua equipe prometeram que fariam um estudo para implantação e ampliação do tratamento no bairro.

O vereador recebeu um ofício do SAAE, datado do dia 24 de maio, em resposta à essa visita. No documento consta o relatório de uma vistoria técnica realizada pela autarquia no dia 17 de maio. Segundo o relatório, o ponto de lançamento do efluente tratado será alterado para cerca de 300 metros a frente, onde há vazão de água suficiente para realizar a autodepuração e não gerar mal cheiro.

Esclarecimentos

Cumprindo com seu dever de fiscalizar o que acontece no poder público, o Vereador Milton Martins exigiu, na sessão plenária de terça-feira (30), que o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) preste esclarecimentos a respeito de uma lei que não está sendo cumprida.

O parlamentar solicitou que o SAAE dê explicações sobre o não cumprimento da lei municipal nº8926, de 14 de novembro de 2013. A referida lei estabelece a permuta de um terreno de 1.000,2615m² localizado no Bairro Jardim Primavera I, que seria para prestação de serviços na ETA CDI-Monte Carlo para tratamento com remoção do ferro e do manganês presentes na água dos postos artesianos, visando, assim, a melhoria na qualidade da água fornecida aos bairros citados e adjacentes e vem causando inúmeras reclamações pela péssima qualidade da água fornecida. O vereador solicitou ainda informações do tamponamento e interdições dos postos do CDI 2 os motivos inerentes para interdições dos mesmos, informando ainda se o fato de estarem contaminados não colocam em risco o lençol freático.

Denúncia Ministério Público

Milton Martins descobriu em uma denúncia do Ministério Público que vários funcionários do SAAE estão em regime de cessão para outros órgãos públicos. O vereador solicitou que se faça a revisão desses funcionários para que retornem imediatamente ao SAAE e que se faça uma redução no quadro de funcionários da autarquia. Isso irá possibilitar a reforma administrativa necessária no SAAE para reduzir custos e, assim, poder oferecer serviços de melhor qualidade para o município.

Ascom Vereador Milton Martins

Deixe uma resposta